BMPL
Banda de Música de Ponte de Lima
Facebook
insta
Grupo de Cultura Musical de Ponte de Lima

No dia 12 de Fevereiro de 1974 foi fundada a associação, sem fins lucrativos, "Grupo de Cultura Musical de Ponte de Lima", tendo sido registada no Cartório Notarial de Ponte de Lima, pelos seguintes sócios fundadores: Alcides Martins Pereira, Padre José Gomes de Sousa, Padre António Pais de Matos Reis, António Fernandes da Cunha Vilas Boas, José Pereira de Sousa, Armando Fernandes da Silva, Manuel Pereira de Sousa, Carlos Pinto da Silva, António Joaquim Mimoso de Morais, Acácio Guerra da Cunha e Ovídio de Sousa Carneiro.

Esta associação tem como finalidade a instrução, cultura e recreio. Na prossecução do fim de cultura musical foi instituída a filarmónica a designar "Banda de Música de Ponte de Lima". Deste modo, a secular Banda de Música de Ponte de Lima, passou a fazer parte da estrutura da associação, obtendo assim, uma personalidade jurídica e respectivo enquadramento legal. Os estatutos foram publicados no Diário da República, III Série, Nº117, de 22 de Maio de 1979.

Em 2 de Outubro de 1987 foi atribuído ao "Grupo de Cultura Musical de Ponte de Lima" o estatuto de Entidade de Utilidade Pública assinada pelo Exmo. Sr. Primeiro-Ministro Dr. Aníbal Cavaco Silva e publicada no Diário da República Série II, Nº239, de 17 de Outubro de 1987.

Desde a sua fundação, foram vários os corpos sociais que constituíram esta associação, sempre com a nobre missão de elevar e dignificar a Banda de Música de Ponte de Lima, lutando afincadamente para colocar ao dispor desta todos os recursos necessários, quer humanos quer materiais, de forma a proporcionar a melhor formação musical e artística aos seus executantes e, consequentemente, momentos musicais de distinta qualidade.

A associação tem também em funcionamento uma Escola de Música, garantindo a formação contínua dos executantes da Banda de Música de Ponte de Lima e de novos aprendizes.
Inatel
Cultura
Municipio